Governo

Monarcas Ustalavos

Desde os tempos antigos, quando foi unificado pela primeira vez, Ustalav tem sido governado por um único rei. Infelizmente, a linhagem de reis foi quebrada durante o reinado do Tirano, e os governantes atuais são apenas uma sombra de seus antecessores. A regência da terra tornou-se particularmente controversa desde a morte do chamado “Príncipe Eunuco” Valislav Ordranti, que não deixou nem um herdeiro oficial, quando morreu em 4674 AR. Seu irmão, o príncipe Aduard Ordranti III, entrou no manto do monarca, um papel inadequado para ele. O caso todo foi complicado ainda mais quando a companheira de longa data do Príncipe Eunuco, Millaera Caliphvaso, deu à luz uma criança bastarda, a qual ela dizia ser filho do Príncipe Eunuco. A afirmação causou um enorme escândalo e Millaera desapareceu sobre circunstâncias misteriosas, pouco depois de fazer estas afirmações. Seu filho, Reneis Ordanti, foi adotado e criado pela desonesta e conivente tia da criança, a Condessa Carmilla Caliphvaso.

Embora o Príncipe Aduard Ordranti III reja como soberano de Ustalav, sua vontade está longe de ser a única que dirige o destino de seu reino. No oeste, os três Palatinatos montam conselhos locais dos mais sábios e influentes da região, embora a frequência na qual seus representantes mudam sustenta uma deprimente pouca influência nas reuniões da corte real. Os condes do coração do reino mantém a influência mais imediata e contundente sobre a nação e seu povo. Capaz de agirem sem supervisão ou represália, as famílias dominantes de Ustalav tem, cada um a seu modo, transformado seu canto da nação como convém as suas ambições e os seus vícios mesquinhos. Embora cada conde seja jurado servir o trono, gerações de manipulações da corte, leis incompreensíveis, concessões e exceções impedem até as mãos do Príncipe contra interferências em todos, exceto os decretos territoriais mais ultrajantes.

Nobreza Ustalava

Sob as brigas e intrigas da decadente família real, o funcionamento real do país cai (na maior parte) para sua nobreza menor. Ustalav foi dividido em dezesseis condados séculos atrás para parar brigas entre suas várias facções. Dos dezesseis originais, apenas doze permanecem, não incluindo o terreno imundo assombrado por mortos-vivos agora conhecido como Virlych. Destes, nove são regidos por suas famílias nobres, enquanto os três restantes são governados de uma forma mais incomum, apesar de não menos exploradora. Em 4670 AR, o condado nortenho de Lozeri derrubou a hereditariedade do duque, colocando um conselho de cidadãos proeminentes no cargo. Esta abordagem pegou, e logo dois dos condados vizinhos também haviam jogado fora a regra da nobreza em golpes de Estado sem derramamento de sangue. Estes três condados, Lozeri, Canterwall e Vieland são juntos conhecidos como os Palatinatos.

Governo

Céus Negros Saulo